sobre a revista

revista Legítima defesa

A Revista “Legítima Defesa – Uma Revista de Teatro Negro” é uma publicação da Cia Os Crespos, na qual critérios estéticos e políticos do Teatro Negro são discutidos, possibilitando a inscrição e historicização dos processos artísticos  para futuras pesquisas, através de material impresso e também virtual.

Questões relevantes sobre a investigação e discussão dos temas referentes à população negra e à representação do negro no Teatro Brasileiro são abordados na revista que, dessa forma, possibilita maior difusão dos trabalhos realizados nessa vertente, com o intuito de fomentar o intercâmbio de pesquisas que impulsionem a criação artística e a formação, tanto de público como dos fazedores dessa arte.

O nome Legítima Defesa surgiu como uma homenagem ao Movimento Negritude iniciado em 1934, com Léopold Sedar Senhor, Aimé Césaire, Léon Damas, Leonard Sainville e Aristide Maugée, haitianos, senegaleses e antilhanos, que criaram em Paris a revista “La Légitime Défense”, combatendo a discriminação e discutindo a condição do negro, numa afirmação de independência e clamor por liberdade.

A revista teve seu primeiro número lançado no segundo semestre de 2014, com recursos da Lei de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo. O primeiro número teve apoio da Fundação Cultural Palmares para sua publicação e, nesse segundo número, Os Crespos contam, novamente, com o apoio da Lei de Fomento para a Cidade de São Paulo e recursos próprios para sua publicação física e virtual.